Retratação de Artigos Científicos, afinal, o que está acontecendo?

Bom, você já deve ter se deparado com algumas retratações, principalmente da revista The Lancet e do The New England Journal of Medicine (NEJM). Por que isso está acontecendo? Vou tentar explicar para você:

Os dois jornais são muito bem conceituados no âmbito científico, trazendo sempre materiais de alta confiabilidade e feito por grupos de pesquisa renomados ao redor do mundo. O artigo intitulado: ““Hydroxychloroquine or chloroquine with or without a macrolide for treatment of COVID-19: a multinational registry analysis” da revista The Lancet e o artigo “Cardiovascular Disease, Drug Therapy, and Mortality in Covid-19” da revista NEJM tiveram retratações publicadas.

Após vários pesquisadores ao redor do mundo contestarem os dados obtidos pelo estudo, três autores do artigo da The Lancet escreveram uma carta solicitando uma revisão independente para avaliar a integridade dos dados do estudo e replicar as análises obtidas no artigo. A análise de dados, para publicação do artigo original, foi feita pela Surgisphere Corp, sediada em Chicado, e pelo co-autor do artigo, Sapan Desai, fundador e CEO da Surgisphere.

Neste ínterim, após pedirem acesso aos dados da Surgisphere, eles receberam a resposta de que não seria possível a disponibilização de tais dados, pois este acesso iria violar cláusulas contratuais e a privacidade dos clientes envolvidos. Sendo assim, os revisores não seriam capazes de conduzir uma revisão para replicar os resultados. Frente a isso, os autores solicitaram que o artigo fosse retratado. O texto na íntegra (em inglês) pode ser lido aqui.

De forma mais concisa, mas por motivo/contexto similar ao acontecido no artigo supracitado, os autores de “Cardiovascular Disease, Drug Therapy, and Mortality in Covid-19“, publicado no NEJM, também solicitaram uma retratação com a comunidade científica. O texto pode ser lido, na íntegra (em inglês) aqui.

Isso mostra a seriedade dos jornais e dos pesquisadores frente a pesquisa, priorizando, sempre, a verdade e a metodologia científica. Temos que ser sempre criteriosos, pois a vida de milhões de pessoas estão envolvidas. Se esta postagem te ajudou a entender, compartilha. Vamos difundir informações para o maior número de pessoas. Conto com você!

Referências Bibliográficas:

The Lancet
https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(20)31324-6/fulltext

The New England Journal Of Medicine
https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMc2021225?query=RP

Medscape
https://www.medscape.com/viewarticle/931774?nlid=135827_5404&src=wnl_dne_200605_mscpedit&uac=234217FK&impID=2407865&faf=1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s