Questão – 04

Se você acompanha o facebook ou o instagram você viu a pergunta de número 04, falando sobre a ação miorelaxante dos medicamentos. Nesta postagem contém a reposta comentada sobre a questão.

Qualquer dúvida, pode entrar em contato comigo pelas redes sociais, email ou comente aqui! Fique a vontade! =]

De todos os itens descritos na questão, o único que possui uma atividade comprovada como relaxante muscular seria o Diazepam. Segundo a bula do medicamento Valium ® (medicamento de referência [ANVISA – Lista de Medicamentos de Referência] até o momento da postagem) temos que:

A terapêutica com diazepam é indicada e eficaz como adjuvante no tratamento de espasmos musculares causados por reflexo à patologia local, como inflamação ou trauma, espasticidade causada por lesões de neurônio motor ou atetose e, também, para alívio da espasticidade na esclerose múltipla e lesões medulares. Porém, poderá ocorrer tolerância sendo necessária a alternância de doses e/ou modificação da terapêutica”.

Já as diretrizes médicas intituladas: “Espasticidade: Tratamento Medicamentoso” de autoria da Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação, traz o seguinte dado:

A ação dos benzodiazepínicos na espasticidade se faz por meio da sua ligação aos receptores GABAa, cujo complexo apresenta locais de ligação para essa droga“.

O diazepam é a mais antiga medicação empregada no tratamento da espasticidade de origem medular e cerebral, sendo amplamente utilizado. Seu efeito antiespástico é dose-dependente. Administrado oralmente, atinge o nível sérico máximo após uma hora e sua meia-vida é de 20-70 horas. É metabolizado pelo fígado em dois componentes ativos: N-desmetildiazepam
(nordiazepam-meia-vida de 36-96 h) e oxazepam, seu metabólito ativo, que é inativado e excretado na urina
“.

Sendo assim, fica claro a utilização deste medicamento para tal finalidade.

Item correto: A.

Referências Bibliográficas:

  • Rang HP, Dale MM. Farmacologia. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2011.
  • Goodman SL, Gilman GA. Manual de Farmacologia e Terapêutica. Porto Alegre – RS: AMGH; 2010.
  • Projeto Diretrizes Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina – Espasticidade: Tratamento Medicamentoso. Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação. 20 de junho de 2006.
  • Bula dos medicamentos disponíveis no Bulário Virtual da ANVISA, presente na página LINKS ÚTEIS deste site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s